Um novo estilo de vida

Encontre abaixo artigos com informações e dicas sobre viver com incontinência.

Trabalho

Como fazer o manejo da bexiga

Como fazer o manejo da bexiga

Veja algumas dicas para se concentrar em fazer um bom trabalho. Leia mais

A maioria de nós passa muitas horas por dia em nosso local de trabalho. É por isso que é muito importante termos bons colegas, um bom chefe, um ambiente de trabalho positivo - e tempo para ir ao banheiro!

Se você trabalha continuamente ou está voltando ao trabalho, infelizmente os problemas da bexiga não podem ser deixados em casa. O cateterismo intermitente precisa se encaixar na sua jornada de trabalho - mas não precisa ter um grande impacto nela. O autocateterismo intermitente pode ser realizado em alguns minutos. Portanto, suas idas ao banheiro normalmente não serão mais longas do que as das outras pessoas.

Preciso contar a alguém?

Se é relevante contar sobre sua situação depende do quanto sua condição influencia em seu trabalho. Não é fácil conversar com seu chefe sobre isso, mas é melhor fazê-lo antes que ocorra uma situação difícil, em que você precise correr de repente no meio de uma reunião ou tarefa. Você não precisa fornecer ao seu chefe muitos detalhes sobre sua situação. Se você é uma mulher e tem um chefe homem, pode achar ainda mais estranho. Você não precisa dizer nada além de que talvez você precise ir com frequência ao banheiro e que é um problema feminino. Se você tem um colega próximo em quem confia, pode ser uma boa ideia dividir.

Seus direitos ao retornar após uma doença ou cirurgia (de acordo com variações regionais)

As leis da maioria dos países afirmam que os empregadores devem fazer "ajustes razoáveis" necessários para que você possa trabalhar novamente. Se você estiver em uma cadeira de rodas, isso seria instalar um banheiro adequado ou outro equipamento necessário. Talvez você precise de horas de trabalho mais flexíveis também? Investigue quais pessoas são relevantes para entrar em contato para organizar esses ajustes. Se você estiver em uma empresa grande, essas questões geralmente fazem parte dos deveres de um gerente de recursos humanos.

Reuniões

As reuniões podem ser estressantes - especialmente as longas. Se você as presidir, poderá reservar um tempo para pausas curtas - os outros participantes provavelmente apreciarão 5 minutos para esticar as pernas ou tomar café. Se você for um participante, pode ser inapropriado simplesmente sair durante a reunião. Faça o cateterismo imediatamente antes da reunião e sugira uma ou mais pausas ao líder. Mais uma vez, a maioria das pessoas agradecerá sua sugestão.

Viagens de negócios ou cursos

Mesmo com uma boa rotina de manejo da bexiga no trabalho, eventualmente você pode enfrentar desafios. Muitas pessoas com problemas de bexiga acham estressante se seu trabalho exige viagens de negócios ou participação em cursos fora do local de trabalho. Talvez você possa se beneficiar dos nossos conselhos na seção sobre Viagens, mais abaixo, em que você encontrará mais dicas para te ajudar e dar confiança.

Fechar
Dicas no trabalho

Dicas no trabalho

Planeje seu dia de trabalho. Leia mais

Como programar o cateterismo

Você pode vincular sua programação de cateterismo intermitente a eventos regulares ao longo da jornada de trabalho, como reuniões regulares ou pausas para café e almoço.

Leve suprimentos suficientes

Certifique-se de levar cateteres suficientes para o trabalho, todos os dias. Também recomendamos manter cateteres extras no trabalho ou no carro, se você usar carro para ir trabalhar. Os cateteres compactos cabem facilmente em nécessaires e bolsos, para que você não precise levar uma bolsa para o banheiro. No entanto, é uma boa ideia levar um “kit inteligente caso haja um vazamento quando você estiver fora de casa. Encontre ideias para itens relevantes.

Limite o café ou outras bebidas com cafeína no trabalho

É comum beber café ou água durante o dia. Limite as bebidas com cafeína, pois elas farão com que você vá com mais frequência ao banheiro. Você ainda deve beber de 1,5 a 2 litros de líquidos por dia, mas lembre-se de quanto você bebe no trabalho, para que você possa agendar seus cateterismos adequadamente.

Use roupas escuras

Com boas rotinas, você minimizará o risco de sofrer acidentes no trabalho e em qualquer outro lugar. Caso isso aconteça, usar roupas escuras tornará menos visível para os outros. Também é uma boa ideia manter roupas extras no trabalho ou no carro.

Fechar

Atividade Física

Para uma vida melhor

Para uma vida melhor

Por que ser ativo, quando é mais seguro ficar em casa? Saiba por que o exercício é bom para você - especialmente se você tiver problemas na bexiga. Leia mais

Algumas atividades físicas podem fazer com que ocorram mais escapes ou que você sinta vontade de ir ao banheiro com mais frequência. Portanto, você pode achar que é mais seguro simplesmente evitar esportes e outras atividades físicas. Mas o medo de aumentar os problemas na bexiga não deve impedir você de se exercitar - muito pelo contrário.

Quando você tem uma condição médica, é importante ter um corpo forte e estar na melhor forma possível. Se você estiver em condições físicas ruins, os problemas na bexiga podem piorar - ou você os sentirá pior, porque geralmente se sente mal. Sobrepeso e constipação podem piorar os problemas na bexiga e um abdômen grande também pode dificultar o cateterismo - especialmente se você é uma mulher.

Quais atividades esportivas são adequadas para você?

O movimento de pular e bater da corrida pode causar vazamentos.

Em vez disso: Tente caminhada em velocidade (caminhada rápida).

O levantamento de peso (usando pesos manuais ou outro equipamento de levantamento) pode pressionar demais a bexiga.

Em vez disso: alterne para pesos mais leves e exceda o número de levantamentos, ou experimente fazê-los mais devagar ou mais rápido.

Dica: A natação é ideal, pois pode ser feita pela maioria das pessoas, independentemente de sua forma ou mobilidade.

Também há muitos esportes que podem ser praticados sentados em uma cadeira de rodas, como esportes de equipe. Pesquise na internet para encontrar organizações especializadas em esporte para usuários de cadeira de rodas.

Existem muitas boas razões de saúde pelas quais você deve se exercitar - e você pode encontrar atividades divertidas e aproveitar a ocasião para socializar com outras pessoas. Você não vai se arrepender de começar a usar seu corpo, apesar dos problemas na bexiga!

Exercícios de treinamento da bexiga

O exercício do assoalho pélvico - também chamado de Kegels - é uma boa opção para melhorar o gerenciamento da bexiga. Faça isso todos os dias e você sentirá a diferença. Se você tiver que escolher apenas um exercício físico para fazer todos os dias, é esse.

Fechar
Exercícios para mulheres e homens

Exercícios para mulheres e homens

Alguns exercícios simples podem ser feitos em qualquer lugar e ajudam a reduzir os problemas na bexiga. Leia mais

Os exercícios do assoalho pélvico são desenvolvidos para fortalecer os músculos do assoalho pélvico e ajudar a reduzir a incontinência urinária.

É assim que você os faz:

Isole os músculos do assoalho pélvico

Imagine-se segurando flatulência: puxe para dentro pela passagem de trás, para cima e para frente. Não levante o peito, não prenda a respiração nem aperte os músculos do estômago.

Aperte

Aperte e puxe os músculos ao redor da uretra e do ânus. Você deve ter uma sensação de "elevação" ao apertar. Você deve segurá-los firmes e fortes enquanto conta até 8, e depois soltar.

Relaxe

Relaxe por 8 segundos. Nesse ponto, você deve ter uma sensação distinta de soltar. Esse esquema deve ser repetido entre 8 e 12 vezes por dia.

Se inicialmente você não conseguir segurar o assoalho pélvico por 8 segundos, mantenha o máximo que puder.

Observe que o treinamento do músculo do assoalho pélvico é uma questão de quanto tempo você consegue segurar e apertar, em vez da quantidade de repetições.

Dicas para encaixar o treinamento do assoalho pélvico a sua rotina diária

É importante incorporar esse hábito na rotina diária, e a maneira mais fácil de fazer isso é vinculá-la a algo que você faz diariamente. Lembre-se de que treinar o assoalho pélvico não leva muito tempo.

Você pode fazer isso:

  • Deitado na cama antes de dormir
  • Depois das refeições
  • Sentado em seu carro,
  • Toda vez que você estiver esperando em uma fila
  • Ao viajar - no avião, no aeroporto, no hotel

Não importa onde você faz, mas que você possa fazer os exercícios diariamente. Portanto, você deve encontrar a situação cotidiana que melhor lhe convier.

Fechar

Viagens

Preparando-se para uma viagem de avião

Preparando-se para uma viagem de avião

4 coisas que você precisa saber para te ajudar a viajar com mais conforto. Leia mais

1. Terei problemas ao passar pela segurança?

Alguns produtos contêm lubrificantes líquidos. É mais seguro pedir ao seu médico para escrever um atestado sobre quais produtos você usa ou baixar uma declaração de viagem para que você possa levar produtos na sua bagagem de mão.

Isso também vale para outros lubrificantes ou géis desinfetantes que você possa precisar. Apresente as informações do produto à equipe de segurança.

2. E se eu precisar fazer o cateterismo durante a viagem?

Certifique-se de cateterizar o mais próximo possível do embarque, o que pode ser no aeroporto. Em voos de longa distância, pode ser necessário cateterizar no avião. Se possível, solicite um assento do corredor próximo ao banheiro.

3. O que eu preciso levar?

Leve consigo um número adequado de suprimentos e acessórios. Lembre-se de encomendá-los com a antecedência necessária. Coloque suprimentos na bagagem despachada e na bagagem de mão, caso você mude de avião ou se a sua bagagem for extraviada.

4. Como eu mantenho meu cronograma?

Seu cronograma de cateterismo intermitente provavelmente não coincidirá com a programação da viagem aérea. A diferença de horário durante o voo também é um desafio à sua rotina diária. Se você tiver dúvidas para se lembrar do horário, programe um alarme no seu relógio ou celular.

Fechar
Levando um kit inteligente

Levando um kit inteligente

O que levar quando estiver longe de casa. Leia mais

Os cateteres intermitentes compactos não ocupam muito espaço na mala. Mas quando você estiver fora de casa, você pode querer levar mais do que apenas seus cateteres para garantir que você possa fazer o cateterismo intermitente de uma maneira segura e conveniente, independentemente das instalações do banheiro.

Portanto, quando você estiver no trabalho, viajando, praticando esportes ou socializando, certifique-se de ter tudo o que poderia precisar – e também para o caso de ter um "acidente".

Ideias do que você pode levar, dependendo de suas necessidades:

  • Cateteres (sempre com embalagem extra)
  • Roupa de baixo extra
  • Calças extra
  • Luvas descartáveis
  • Lenços umedecidos / toalhas
  • Gel antibacteriano para mãos
  • Espelho de mão
  • Sacolas plástico (para colocar acessórios usados, cateteres usados ou roupas molhadas)
  • Almofadas
  • Uma garrafa de água
  • Toalhas ou lenços de papel
Fechar
Faça uma viagem segura

Faça uma viagem segura

Estar longe de casa não precisa ser um grande desafio. Com a preparação adequada, você pode encontrar tranquilidade para relaxar e aproveitar sua viagem. Leia mais

Estar fora de casa quando você precisa fazer cateterismo intermitente exige que você faça alguns preparativos extras para sua nova rotina de alguns dias. Mas não importa para onde você vá, problemas urinários não precisam te impedir.

Faça as malas com inteligência e planeje com antecedência

Quando você estiver fora de casa, é uma boa ideia certificar-se de ter um pouco mais de tudo, só para garantir. Considere os diferentes ambientes que você encontrará durante suas viagens. Quer você goste da natureza, de fazer compras ou de mergulhar em artes plásticas em um museu, certifique-se de trazer suprimentos e acessórios suficientes para atender a cada situação. Você fez um plano de atividades para a sua viagem? É uma boa ideia fazer um plano de banheiro correspondente também.

Viagem longa? Prepare-se para ela

Viagens longas podem ser um desafio. Se você não tiver acesso a banheiros durante a viagem, considere uma solução de cateter e bolsa. Se você não conseguir cateterizar durante a viagem, converse com seu médico ou enfermeiro sobre outra solução (pode ser um cateter de curta duração). Sempre teste qualquer solução alternativa em casa primeiro, para que você possa se sentir confortável com o novo produto.

Pesquise antes de ir

Enquanto você estiver pesquisando os principais passeios ou atrações imperdíveis, reserve um tempo para localizar o centro médico mais próximo, caso precise de suprimentos, medicamentos ou acessórios. Também pode ser útil pesquisar com quem entrar em contato no seu destino, caso ocorram problemas no cateter. Se você for ficar fora por um longo tempo, encontre as informações de contato de um fornecedor de cateteres onde você ficará hospedado - e certifique-se de levar sua prescrição junto.

Se precisar de ajuda

Mantenha sempre o número de telefone de seu enfermeiro à mão. Se você não conseguir entrar em contato com seu enfermeiro, sempre pode nos ligar a qualquer momento para obter orientação.

Fechar
Dicas de viagem de A-Z

Dicas de viagem de A-Z

Confira esta lista de bons conselhos para sua próxima viagem. Leia mais

Pontos importantes para pensar antes de viajar:

Banheiros

  • Se você viajar de avião, solicite um assento no corredor perto dos banheiros ao reservar seu voo
  • Confira se todos os lugares que você deseja visitar (restaurantes, lojas, teatros, museus ou monumentos) contam com banheiros e/ou banheiros adaptados
  • Verifique também se é comum pagar uma taxa pelo uso dos banheiros e certifique-se de ter dinheiro trocado na moeda local.
  • Aprenda a palavra banheiro no idioma local - também a pronúncia ou simplesmente leve um pedaço de papel com a palavra escrita
  • Se você tem uma deficiência, pode ser possível obter um cartão, e você pode mostrá-lo em restaurantes, lojas ou outras empresas, se precisar usar urgentemente o banheiro sem ser um cliente. Isso pode ser útil para você quando não houver banheiros públicos à vista. Pergunte ao seu médico ou enfermeiro sobre isso.

Comidas e bebidas

Muitas vezes, uma mudança no ambiente e na rotina afeta a digestão. Evite constipação e desidratação, que podem piorar os problemas da bexiga. Certifique-se de beber água suficiente (evite muita cafeína e bebidas doces) e tente comer alimentos ricos em fibras. Se você não tiver certeza da qualidade da água potável disponível no local, compre água mineral engarrafada.

Companhia

Se você viaja com sua família, eles provavelmente conhecem sua condição. Pode não ser o caso se você viajar com um amigo ou colega. Considere se é melhor informar o seu companheiro de viagem sobre sua situação - você pode precisar da compreensão, flexibilidade ou até de ajuda durante a viagem. É muito mais fácil contar com antecedência, em vez de fazer isso no meio de uma situação difícil.

Kit inteligente

Prepare uma bolsa pequena com todas as coisas necessárias para o cateterismo intermitente ou no caso de um "acidente".

 

Médico

Compartilhe seus planos de viagem com seu médico ou enfermeiro com antecedência, para o caso de precisar de medicação especial, mudar para outro produto ou se precisar de conselhos sobre algumas de suas atividades.

Programação

Planeje suas idas ao banheiro. Se você viajar de avião, faça o cateterismo o mais próximo possível do embarque. Planeje todas as outras idas ao banheiro durante a sua estadia, reservando um tempo antes ou depois de um evento. Programe um alarme de relógio ou celular, caso você se preocupe em esquecer a hora.

Roupas

  • Use algo solto e confortável se precisar ficar sentado por um longo tempo em um assento de avião
  • Escolha roupas de cores escuras, para mais discrição em caso de vazamento
  • Selecione roupas fáceis de abrir ou trocar. Se você é uma mulher, pode preferir uma saia ou vestido, que é mais fácil de levantar
  • Escolha calças ou uma jaqueta com bolsos, para colocar os cateteres
  • Escolha um hotel com lavanderia, caso precise

Verificação de segurança

Mostre um atestado para viagem ou uma carta do seu médico, que documente suas necessidades médicas. Solicite uma triagem particular pela equipe de segurança, se você se sentir desconfortável ao atravessar a triagem, que identifica absorventes, fraldas ou outros dispositivos médicos na frente de outras pessoas. Você pode baixar um modelo de declaração de viagem aqui.

Fechar
Pegando a estrada

Pegando a estrada

O que considerar quando você viaja de carro, ônibus - ou até trem. Leia mais

Carro

Se você for o motorista, está no controle e pode decidir quando fazer pausas. Tudo está bem, desde que você não se deixe levar pela trilha sonora favorita da estrada e se esqueça de seguir a agenda do banheiro. Se você é passageiro, avise o motorista com antecedência sobre sua necessidade de pausas. Se for alguém que não conhece seus problemas de bexiga, pode ser bom dizer a eles quando você precisa ir ao banheiro - não necessariamente quando o carro precisa ser abastecido.

Ônibus

Alguns ônibus têm um banheiro muito pequeno a bordo (e pode até envolvee escadas). Se isso for inconveniente, pergunte à empresa de ônibus com antecedência quando são os intervalos planejados, para que você possa ajustá-lo ao seu próprio cronograma de cateterismo. Você também pode considerar trazer uma solução de cateter e bolsa, permitindo fazer o cateterismo intermitente no ônibus. Leve um cobertor para ter privacidade.

Trem

Apreciar a paisagem enquanto relaxa no ritmo suave do trem é uma boa maneira de viajar se você tiver problemas de bexiga, porque há banheiros a bordo. Ao reservar suas passagens, pergunte como a estação está equipada quando se trata de banheiros e também solicite um assento próximo a um.

Fechar
Como armazenar os cateteres

Como armazenar os cateteres

Será que os cateteres aguentam altas temperaturas? Leia mais

É melhor manter seus cateteres secos e em temperatura ambiente. No entanto, a maioria dos cateteres não será danificada ao ser armazenada em temperaturas entre  0° C a até 60°C por até 24 horas.

Normalmente, você não precisa se preocupar com cateteres armazenados em sua mala no porão da aeronave. No entanto, sempre verifique com o fornecedor se você está indo a algum lugar com temperaturas extremas.

Certifique-se de que seus cateteres estejam mais ou menos à temperatura ambiente antes de usá-los. Se estiverem muito frios, coloque-os perto do seu corpo por um tempo antes de usar.

Fechar

Vida Social

Você não está sozinho(a)

Você não está sozinho(a)

Participe de uma comunidade e conheça pessoas que compartilham sua experiência, online ou na vida cotidiana. Leia mais

Se você não encontrar uma comunidade que atenda às suas necessidades, sinta-se à vontade para entrar em contato conosco, que faremos o possível para direcioná-lo a uma comunidade adequada.

Fechar
Dicas para sair para passear

Dicas para sair para passear

Ficar em casa pode ser bom – mas, com estas dicas, você pode ter confiança para assistir a shows, fazer caminhadas, ir a restaurantes - ou o que mais quiser! Leia mais

É possível desfrutar de eventos culturais do seu sofá. Mas isso não se compara a um show em que você e seu amigo podem cantar suas músicas preferidas e aproveitar a atmosfera intensa junto com os outros fãs. Não chega nem perto de uma partida de futebol real ao vivo, onde você torce junto com um grande público quando seu time marca um gol.

Graças à tecnologia, você pode até encontrar amigos virtualmente no conforto de sua casa. Mas, se você realmente quer uma boa conversa (ou até compartilhar as últimas fofocas), por que não fazer isso cara a cara em um restaurante, desfrutando de um delicioso prato? Ou até em um belo parque?

Seja criativo e surpreenda seus amigos ou familiares quando se trata de sair e se socializar. Dessa forma, você escolhe o que é mais conveniente para você. Mas você também deve poder aceitar as ideias deles sem se preocupar. Tudo que você precisa fazer é planejar com antecedência. Aqui está como:

Planeje sua atividade

É tentador pular o cateterismo quando você está visitando lugares novos e desconhecidos ou se estiver junto com pessoas que não conhecem sua condição. Mas lembre-se de que pular o cateterismo pode resultar em vazamentos, e também pode ser prejudicial à bexiga a longo prazo.

Em vez disso, planeje sua atividade para poder aproveitá-la sem interrupções. Separe um tempo para o cateterismo durante as atividades. Faça o cateterismo o mais próximo possível do horário em que sair de casa, descubra com antecedência onde os banheiros estão localizados e tente planejar quando será conveniente fazer uma pausa durante o dia.

Se você for a algum lugar para se divertir, é fácil se deixar levar. E você deve aproveitar! Mas, se você estiver preocupado em se lembrar quando fazer o cateterismo, basta configurar um alarme no celular ou no relógio para ajudá-lo a se organizar.

Leve um kit inteligente

Quando estiver longe de casa, é bom saber que você tem tudo o que precisa. Os banheiros públicos são menos limpos e podem ser equipados de maneira inconveniente. E, se você se preocupa com vazamentos, também é importante que você possa se limpar ou trocar de roupa. Algumas pessoas usam um tipo diferente de cateter quando estão fora de casa. Você pode querer ter um cateter mais compacto ou um com uma bolsa de urina anexada.

Então, leve um kit com coisas para segurança extra, por precaução.

Saiba quais banheiros estão aptos

Confira os banheiros disponíveis no local com antecedência - isso é especialmente importante se você estiver em uma cadeira de rodas. Procure por mais informações na internet ou ligue para o estabelecimento.

Considere o que vestir

As cores escuras mostrarão menos caso houver um pequeno vazamento. Tenha uma jaqueta ou outra peça que você possa enrolar rapidamente na cintura, se necessário. Ou use um absorvente para segurança extra até se sentir confortável em sua rotina e nas saídas.

Fechar
Devo falar sobre minha incontinência?

Devo falar sobre minha incontinência?

Compartilhar detalhes pessoais não é fácil - mas pode facilitar sua vida. Leia mais

Todos nós temos barreiras individuais quando se trata de compartilhar detalhes íntimos. No entanto, pode ser uma boa ideia não manter seus problemas e necessidades para si mesmo.

Se você é uma pessoa muito reservada, talvez não queira compartilhar as informações com ninguém, exceto seu cônjuge ou familiares próximos. Mas, se você é uma pessoa aberta, contar à família e aos amigos pode ser uma maneira saudável de lidar com as mudanças na sua vida. Pode até ser um alívio para você se abrir sobre isso. Além disso, amigos e familiares que sabem sobre sua necessidade de agendar pausas para ir ao banheiro - e às vezes pausas mais longas - podem ser mais compreensivos, solidários e úteis quando estão com você.

Identifique um amigo

Se você estiver muito preocupado em sair, considere se há no local alguém em quem você confia o suficiente para contar sobre sua situação. Então, você pode ficar à vontade sabendo que essa pessoa pode ajudá-lo se você precisar que o motorista faça uma parada extra no caminho ou para conseguir coisas que você precise com urgência.

O que eu conto?

Nem sempre é necessário explicar todos os detalhes físicos para alguém que você não é muito próximo. Basta dizer que você tem uma condição em que precisa de idas frequentes ou planejadas ao banheiro, qualquer que seja seu caso. Talvez você também queira mostrar o “kit inteligente” que você trouxe para segurança extra (não o conteúdo), para que saibam como ele é, caso você o precise com urgência.

Fechar

Intimidade

Dicas para a vida íntima

Dicas para a vida íntima

Organização para que você se sinta confortável e confiante. Leia mais

Mesmo que você queira fazer sexo, suas preocupações podem te impedir. Existem algumas precauções extras a serem tomadas quando você tem problemas na bexiga - tanto para evitar vazamentos perturbadores, quanto para prevenir a infecção do trato urinário como um presente matinal indesejado.

A confiança para desfrutar de uma vida sexual ativa

O cateterismo intermitente por si só raramente interfere na atividade sexual. Cateterize-se e esvazie completamente a bexiga antes de fazer sexo, para evitar vazamentos. A única coisa que você precisa considerar é que o cateterismo intermitente não permite que você seja completamente espontâneo. Reserve sempre um tempo para esvaziar a bexiga antes de bagunçar os lençóis. As mulheres são mais propensas a ter infecção do trato urinário e a atividade sexual pode aumentar o risco por causa da anatomia feminina, mas os homens também podem obtê-la - portanto, estes conselhos são relevantes para ambos:

Precauções quando você faz sexo

Durante a relação sexual, sua área genital sempre será apresentada a bactérias - sejam suas ou de seu parceiro. Siga estas regras antes, durante e depois do sexo para limitar a quantidade de bactérias.

Antes do sexo:

Esvazie a bexiga, pois a bexiga cheia oferece melhores condições para as bactérias se estabelecerem e crescerem. Lave sua área genital ou tome um banho para se higienizar.

Durante o sexo:

Se você ou seu parceiro se sentirem secos durante a relação sexual, podem usar um lubrificante à base de água para ajudar a diminuir o atrito, o que pode facilitar infecções. O uso de diafragmas e espermicidas também pode causar irritação, o que promove infecções. Se você tem ITUs frequentes, converse com seu médico sobre formas de controle de natalidade.

Após o sexo:

Esvazie a bexiga imediatamente após fazer sexo, mesmo que exista apenas uma pequena quantidade de urina na bexiga, para eliminar possíveis bactérias. Beba de 2 a 3 copos de água e urine quando tiver vontade. O objetivo é ter um fluxo constante de urina para reduzir as bactérias na bexiga.

Fechar
Preocupação em vez de prazer?

Preocupação em vez de prazer?

Perguntas frequentes sobre sexo – para homens. Leia mais

Eu me preocupo com vazamento

Se você fizer cateterismo intermitente logo antes do ato, não precisará se preocupar. Se você ainda tiver preocupações, pode usar preservativo.

Às vezes, tenho uma ereção quando faço cateterismo

Às vezes, o cateterismo estimula uma ereção. Quando você estimula uma ereção reflexa, provavelmente deseja usá-la para a relação sexual. Se você tirar o cateter e deixar a ereção desaparecer, para a maioria dos homens será mais difícil estimular uma segunda ereção reflexa. Tente fazer um pouco de preliminares, depois cateterize, e rapidamente faça mais algumas preliminares usando a ereção que vem do cateterismo.

Fechar
Usando desculpas com frequência?

Usando desculpas com frequência?

As mulheres podem ter diferentes problemas sexuais relacionados à incontinência urinária. Talvez você reconheça alguns deles. Leia mais

Estou com dor de cabeça, estou cansada demais, não tenho tempo...

Você provavelmente já usou uma dessas justificativas de vez em quando.

Não há problema em não estar com disposição - todas as mulheres (e homens) experimentam isso às vezes. Mas, para alguns, isso se torna um problema real. Uma no Reino Unido mostrou que 54% das mulheres sexualmente ativas sofriam de pelo menos um problema sexual, com duração por, pelo menos, um mês.

As mulheres que consultam um médico sobre problemas na bexiga nem sempre são verificadas quanto a problemas sexuais. Mas, como você já deve ter experimentado, problemas na bexiga podem ter um efeito negativo em todas as partes da sua vida sexual. Isso inclui efeitos no desejo sexual, excitação, lubrificação e orgasmo. Também pode ser uma causa de dor durante a atividade sexual.

Diferentes tipos de incontinência podem ter diferentes efeitos na função sexual:

Incontinência de esforço

Se você tiver incontinência de esforço, pode ter um desejo sexual reduzido, porque as fantasias sexuais são frequentemente associadas ao medo de ter um episódio de vazamento durante a intimidade, o que resulta em ansiedade sexual.

Incontinência de urgência

Se você tem incontinência de urgência, pode não ter interesse em sexo por causa de um forte aumento no desejo de urinar durante a relação sexual, com subsequente vazamento de urina durante esse período. Além disso, a incontinência de urgência tem sido associada à dor e à ansiedade relacionadas às relações sexuais, e ao medo de atingir um orgasmo devido ao risco de ter um episódio de incontinência de urgência no momento.

Incontinência coital

A incontinência coital (incontinência causada por atividade sexual) ocorre em 11% a 36% das mulheres sexualmente ativas com incontinência. Pode ocorrer a qualquer momento durante a atividade sexual, mas o mecanismo parece ser dividido em fatores “mecânicos” (introdução do pênis, penetração profunda, pressão no abdômen) e “não mecânicos” (estimulação do clitóris, excitação e orgasmo).

Menos de uma em cada cinco mulheres que sofrem de problemas sexuais procuram ajuda

Muitas mulheres acham constrangedor conversar com seu médico sobre problemas urinários e sexo. Algumas barreiras podem ser a idade e o sexo do médico, ou a atitude percebida do médico - especialmente se você for uma mulher mais velha que procura ajuda para um problema sexual. Os problemas sexuais geralmente não são percebidos como um problema de saúde "grave".

Procure aconselhamento se tiver problemas sexuais. Identifique uma pessoa em cuja presença você se sinta confortável. Se não for seu médico, que tal uma enfermeira? Ou talvez uma de suas amigas possa recomendar uma boa médica.

Fechar

Dieta e Nutrição

Alimentação saudável

Alimentação saudável

Aprenda sobre as formas de ter uma dieta equilibrada. Leia mais

Sobrepeso, risco de infecção, condição da pele e digestão são fatores que influenciam também na saúde de sua bexiga.

A comida é um dos maiores prazeres da vida - indo muito além da sobrevivência. Compartilhamos e damos comida, e as refeições são frequentemente os eventos em que a família ou os amigos se reúnem. As refeições também podem ser simbólicas e parte de um ritual.

Todos nós podemos nos permitir "pecar" ocasionalmente, desde que tenhamos uma alimentação saudável diariamente. Quando você tem uma condição médica, é ainda mais relevante observar o que você coloca no seu prato e no seu copo.

Aqui estão alguns dos nutrientes necessários para manter uma dieta saudável:

Proteína

  • Boa para:

Construção de músculos, reparação de tecidos, combate a enfermidades e doenças, transporte de nutrientes pelo corpo e produção de hormônios (para citar apenas algumas funções)

  • Quanto:

Depende do seu peso e do quanto você usa seu corpo (exercício). Pergunte ao seu médico quanto é ideal para você, pois muita proteína pode não ser saudável.

  • Melhores fontes:

Carne magra, frango, peixe, ovos, feijão e nozes.

Vitaminas e minerais

  • Bons para:

Apoiar a função normal do corpo e prevenir doenças. As diferentes vitaminas e minerais têm funções diferentes; ajudam a curar feridas, fortalecem seu sistema imunológico, convertem alimentos em energia, e muito mais. Muitos efeitos são obtidos a partir de diferentes vitaminas e minerais interagindo.

  • Quanto:

Recomenda-se um mínimo de 5 porções de frutas e legumes por dia, o que também garante que você obtenha fibra suficiente. A fibra é importante para evitar a constipação, que pode ter um impacto negativo na saúde da bexiga.

Fibras

  • Boas para:

A quantidade certa de fibras é importante para estabelecer e manter a característica das fezes e evitar a constipação, o que pode ter um efeito negativo na bexiga.

  • Quanto:

As recomendações americanas são de 30 a 38 gramas por dia para homens, e de 21 a 25 gramas por dia para mulheres.

  • Melhores fontes:

Frutas e legumes, massas, arroz, pão integral

Líquidos

Beba o suficiente, normalmente em torno de 6 a 8 copos (1,5 a 2 litros) por dia. Baseie sua ingestão de líquidos em água, mas você pode contar com outros tipos de bebidas durante o dia. Não beber o suficiente pode piorar os sintomas da bexiga.

Fechar
Por que beber mais líquidos?

Por que beber mais líquidos?

Quanto você deve beber? O que (e o que não), e por quê? Leia mais

Quando você tem problemas na bexiga, pode se sentir menos encorajado a beber muita água, porque acha que isso aumenta o seu problema. Pelo contrário, não beber o suficiente pode piorar seus sintomas. Em vez disso, você deve agendar sua ingestão e as idas ao banheiro para obter um melhor controle.

Beber muito líquido pode ajudar a eliminar as bactérias. A água é melhor, mas os sucos de frutas podem contar para algumas de suas necessidades de líquidos. A maioria das pessoas deve tentar ingerir de 6 a 8 copos de água (ou 1,5 a 2 litros) por dia - a menos que seu médico diga o contrário.

Quando você viaja ou pratica esportes, pode sentir vontade de beber menos, porque pode ter medo de vazamentos ou não deseja cateterizar em horários inadequados. Mas é ainda mais importante: se você viajar em climas quentes ou suar durante o exercício físico, corre o risco de se desidratar.

Não ingerir líquidos adequadamente também pode resultar em constipação, que afeta sua saúde geral e também pode afetar a saúde da sua bexiga.

Quando você tiver infecção do trato urinário (ITU)

Aumente a quantidade de água que você bebe quando tiver ITU. Os líquidos realizam dois trabalhos: ajudam a eliminar as bactérias da bexiga e afinam (diluem) a urina. É menos doloroso passar a urina diluída do que a urina concentrada, que é mais irritante.

Evite bebidas com cafeína, como café, chá ou bebidas gaseificadas. A cafeína pode irritar sua bexiga ainda mais quando você tem uma infecção.

E o suco de cranberry?

Você pode ter ouvido falar sobre as maravilhas do cranberry. Algumas pessoas podem se beneficiar de beber suco de cranberry ou tomar comprimidos de extrato de cranberry, mas não há provas claras de eficácia. Pergunte ao seu médico primeiro, pois pode afetar o tratamento com alguns medicamentos.

Fechar
Dicas para manter a saúde da bexiga

Dicas para manter a saúde da bexiga

Como comer e beber para garantir que sua bexiga esteja na melhor forma possível. Leia mais

Seu bem-estar geral pode influenciar a maneira como você percebe os problemas da bexiga. Se você se sentir mal, também pode sentir que seus problemas de bexiga são insuportáveis. Comer alimentos saudáveis, que lhe dão energia, fortalecem seu corpo e proporcionam uma autoimagem positiva, fará você se sentir melhor.

Como beber o suficiente

Encha uma ou mais garrafas com água contendo um total de 1,5 a 2 litros e guarde-as na geladeira. Isso manterá a água agradável e fria, e você saberá que, depois de esvaziá-las, terá alcançado sua quantidade diária.

Como equilibrar calorias

Coma menos e limite as ocasiões em que você come enquanto assiste à televisão. Evite porções grandes demais. Use um prato ou tigela menor. Porcione os alimentos antes de comer - assim você pode organizá-los também. Ao jantar fora, escolha porções menores ou compartilhe um prato. Mude para o leite desnatado ou semidesnatado. Eles têm as mesmas quantidades de cálcio e vitamina D, mas menos calorias.

Como aumentar a ingestão de alimentos saudáveis

Faça metade do seu prato de frutas e legumes. Considere que você tenha todas as cores no prato: vermelho, laranja, verde claro e verde escuro.

Como reduzir a ingestão de alimentos não saudáveis

Faça dos bolos, biscoitos, sorvetes, pizzas e hambúrgueres escolhas ocasionais – e não alimentos do dia a dia. Beba água em vez de bebidas açucaradas. Coma menos sal, o que pode aumentar a pressão arterial. Compare produtos e compre o que tiver menos sal. Adicione temperos e ervas para substituir.

Fechar
Alimentos importantes para cadeirantes

Alimentos importantes para cadeirantes

Aprenda a reduzir riscos. Leia mais

Constipação, úlceras por pressão, massa corporal magra e ganho de peso.

Quando você está em uma cadeira de rodas, precisa prestar atenção extra à sua dieta, para evitar a constipação e manter seu corpo saudável.

Com menos atividade física, você queima menos calorias, e pode ganhar peso ou possivelmente manter peso, mas substitui os músculos por gorduras.

O excesso de peso aumenta o estresse do coração, e pode dificultar as mudanças e transferências de peso. Isso pode contribuir para a ruptura da pele ou úlceras por pressão. Uma coisa que você pode fazer para reduzir alguns desses riscos é manter uma dieta saudável.

Veja abaixo como você pode reduzir seu risco:

Constipação

Ingira fibras suficientes. Frutas, legumes e produtos integrais são as melhores fontes. Lembre-se de também ingerir o suficiente de líquidos, especialmente água, pois a fibra sozinha pode piorar sua constipação.

Úlceras por pressão e massa corporal magra (músculos)

Certifique-se de obter proteína suficiente. Escolha as com pouca gordura. O feijão é um bom substituto para a carne - e também fornece fibras.

Ganho de peso

Consuma menos calorias aderindo a alimentos e bebidas com pouca gordura.

Fechar

Histórias de superação

Lucas Junqueira

Lucas Junqueira

Conheça a história do Lucas, que tem tetraplegia e é usuário-embaixador da Coloplast. Leia mais

"Meu nome é Lucas Junqueira. 32 anos, paulistano, atleta paraolímpico de rugby em cadeira de rodas (Rio 2016), psicólogo, atleta e presidente do RONINS QUAD RUGBY - e apaixonado pelo esporte.

Em janeiro de 2009, sofri um acidente de mergulho na praia de Ponta Negra - RN. Fraturei a 5ª e 6ª vértebras da coluna cervical e lesionei a medula. Fiquei tetraplégico, e nos primeiros meses mal conseguia movimentar os braços. Cheguei a pensar que, na condição que eu me encontrava, teria que abandonar muitas coisas que eu fazia e me traziam alegria e satisfação.

Um mês após o acidente, fui internado em um grande centro de reabilitação, e foi lá que fui muito bem orientado sobre a minha lesão e os cuidados que deveria ter com minha saúde. Depois do acidente, minha vida mudou drasticamente e conheci um universo completamente novo. Graças ao suporte da minha família, amigos e bastante informações sobre o que tinha acontecido comigo, consegui encarar os novos desafios que a vida estabelecera, como preconceitos e falta de acessibilidade em praticamente tudo que eu queria fazer. Com informação e apoio de pessoas amadas, consegui me adaptar às novas dificuldades e fazer muitas coisas que eu gostaria. Foi quando eu voltei a estudar em uma universidade, a dirigir, a viajar, a praticar várias modalidades de esporte, enfim... uma vida mais ativa e com mais independência.

No início da minha lesão, conheci dezenas de modalidades voltadas para pessoas com deficiência. Cheguei a praticar natação, tênis de mesa, bocha e basquete em cadeira de rodas, mas foi o rugby em cadeira de rodas que fez meu coração bater mais forte. Força, estratégia, contato… Não teve como! Com 9 meses de lesão comecei a praticar, e desde então o esporte só me trouxe alegrias! A prática do esporte ajudou muito na minha reabilitação! Pude aperfeiçoar e desenvolver alguns movimentos que fui recuperando com o tempo, ter uma melhor qualidade de vida e o mais importante: o esporte me trouxe autonomia, liberdade.

Hoje tenho o orgulho e a honra de defender o RONINS QUAD RUGBY. O primeiro time de rugby em cadeira de rodas da capital paulista!

Falando em alegrias, autonomia e independência, foi através do esporte que tive a oportunidade de conhecer a Coloplast Ativa. Com a lesão medular, uma das complicações que temos é a perda de controle do esfíncter, ou seja, não conseguimos expelir o líquido da bexiga (urina) voluntariamente. É necessário realizar o cateterismo vesical intermitente.

Como minha lesão é tetraplegia, eu não tenho nenhum movimento de dedos das mãos (muito menos dos pés), e realizar o autocateterismo era algo muito difícil. Foi quando eu conheci a Coloplast, que produz um cateter hidrofílico (já lubrificado), e tem um material mais firme. Diminui drasticamente o risco de infecção urinária, pois eu não tenho contato físico nenhum com a parte do cateter que eu introduzo no canal da uretra, e possui uma embalagem super funcional. Ou seja, o Speedicath me proporciona uma maior independência, conforto, ganho de tempo, segurança contra infecções, qualidade de vida.

E é exatamente por isso que sinto orgulho em ser embaixador da Coloplast, pois, da mesma maneira em que me proporcionou mais autonomia, independência, informação e qualidade de vida, com certeza irá impactar na vida de outras pessoas que sonham com tudo isso."

Acompanhe o Lucas no Instagram.

Fechar
Bruna Marsanovic

Bruna Marsanovic

Conheça a história da Bruna, que tem lesão medular e é usuária-embaixadora da Coloplast. Leia mais

"Me tornei cadeirante no final de 2015, por tentativa de homicídio do meu ex-namorado. Após ficar um mês em coma e 2 meses no hospital, descobri que estava paraplégica e precisaria realizar o cateterismo. Como sempre fui muito independente, levei um tempo até aceitar a ideia. Hoje em dia, eu utilizo os cateteres da Coloplast, que conheci através do programa Coloplast Ativa, em que fui muito bem atendida e orientada pela enfermeira e especialistas da Central Ativa. Os cateteres são fáceis de usar, higiênicos e eu me sinto muito segura, pois evita o contato e reduz a chance de eu ter infecção urinária. Eu aprendi a amar fazer cateterismo, depois de utilizar o SpeediCath."

Acompanhe a Bruna no Instagram.

Fechar
Gabriel Feiten

Gabriel Feiten

Conheça a história do Gabriel, que tem tetraplegia e é usuário-embaixador da Coloplast. Leia mais

"Olá, me chamo Gabriel Feiten, gaúcho de 39 anos, psicólogo, mestrando em Desenvolvimento Cultural e Inclusão Social. Sou atleta paralímpico de Natação (Pequim 2008) e Ciclismo, presidente da Associação para Pessoas com Deficiências Amigos e Familiares (APDAF) em Três Coroas/RS.

Sofri um acidente automobilístico em março de 2002, quando voltava da aula na universidade que cursava Educação Física. Por uma imprudência do motorista que estava em alta velocidade, a van em que estava capotou, fraturando as minhas 6ª e 7ª vértebras da coluna cervical e lesionando a medula espinhal, o que me deixou tetraplégico.

Iniciei todo o processo de reabilitação na rede de hospitais Sarah Kubitschek em Brasília, que foi muito importante para o meu aprendizado de conviver com minha situação. No ano seguinte, retornei para a universidade cursando Psicologia, voltei a trabalhar e adaptei um carro para dirigir.

Em 2004, assistindo as Paralimpíadas de Atenas, fiquei encantado e maravilhado com a possibilidade de voltar a praticar algum esporte, colocando como meta que em 2008 estaria em Pequim. No início, foi muito difícil encontrar um esporte a que me adaptasse. Somente em 2005 que comecei a fazer natação. Após muito treino e dedicação, realizei meu sonho de me tornar um atleta paralímpico e representar meu pais nas Paralimpíadas de Pequim 2008. De lá para cá, foram inúmeras competições, viagens, recordes e medalhas, que recompensaram todo o esforço empregado.

Mas o mais importante que aprendi ao longo desses 18 anos de lesão medular é que se pode ter, sim, felicidade e qualidade de vida sendo cadeirante. Um fato que me ajudou muito foi ter conhecido os produtos da Coloplast, em especial o cateter hidrofílico SpeediCath, que tem uma qualidade sensacional e uma praticidade sem igual. Um produto dedicado para quem tem disfunção miccional e que facilita muito o meu dia a dia - e ajuda na prevenção de possíveis infecções, tornando minha vida cada vez mais independente."

Acompanhe o Gabriel no Instagram.

 

Fechar
Kallyna Sampaio

Kallyna Sampaio

Conheça a história da Kallyna, que tem tetraplegia e é usuária-embaixadora da Coloplast. Leia mais

"Me chamo Kallyna Karolina Sampaio, tenho 27 anos, sou bacharel em Direito, modelo, Miss uUiverso Cadeirante 2017 e palestrante.

No dia 12 de setembro de 2015, eu sofri um acidente de carro na BR-060, perto de Brasília. Fiquei tetraplégica; fraturei a coluna na altura da C5 e descarrilhei a coluna da T2 à T9. 

No começo não foi fácil, eu ficava oscilando entre saber que eu havia sobrevivido e ao mesmo tempo a insegurança do futuro e tudo o que a lesão trazia com ela. Comecei a focar em ajudar outras pessoas através das minhas redes sociais, através da minha história, foi então que surgiu a primeira oportunidade de fazer uma palestra.

Em 2017, tive a chance de participar de um concurso de beleza, que me ajudou muito, melhorou minha autoestima. Ganhar o concurso e me tornar Miss Universo Cadeirante 2017 foi a cereja do bolo. 

Hoje faço parte do primeiro time de rúgbi 100% feminino do mundo, treino no hospital Sarah, estou no décimo semestre de Direito, sou modelo cadastrada de 3 agências e influenciadora digital.

Como sou tetraplégica, dependo muito das outras pessoas. Minha mãe me acompanha em tudo, e me auxilia no cateterismo, pois não consigo fazer sozinha. A mais ou menos um ano atrás eu conheci a Coloplast através do programa Coloplast Ativa, que, com toda certeza, foi um divisor de águas na minha vida.

Eu saio muito de casa, fico horas na rua, viajo muito, e o cateter SpeediCath agilizou demais a minha vida: fácil de carregar, cabe em qualquer lugar, já vem pronto para uso, ajuda demais.

Ser embaixadora da marca não podia me deixar mais feliz! Já gostava da marca como usuária, então falar e poder influenciar outras pessoas a usarem a marca e terem a mesma experiência que eu tive é um prazer."

Acompanhe a Kallyna no Instagram.

Fechar

Mais informações

suportePrecisa de ajuda?

Nossas informações de contato: ativa@coloplast.com e 0800 285 8687

amostra gratisConheça nossos produtos

Veja nossa linha para continência. CLIQUE AQUI.

Redes Sociais

Facebook       instagram icon
Este site inclui diretrizes gerais. Siga sempre as instruções de seu médico.
Visualizar Versão para Desktop